Home » O Poema da Vida

O Poema da Vida

A vida é difícil e
começa como bebé
anda de quatro e
depois mete-se de pé.

Ficamos rapaz
num mundo de
imaginação
com a nossa cabeça cheia
de ideias malucas num turbilhão.

A adolescência chega
com estilo com redes sociais
entre outras tais.

Em adulto é difícil
viver  e ter de pagar
as contas para ter
água, luz e comer.

Em velhinhos
os problemas de saúde apertam
o  coração  deixa-nos mal
Com uma razão.

No fim da vida já morto
há dois caminhos a escolher
o de cima e o de baixo.
No de cima, anjos a cantar
e pombas a voar.
No de baixo, fogo a arder
e outra vida para viver.

Rodrigo Couteiro, nº 9, 6ºA – 25/05/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.