Home » O Holocausto foi o inferno…o inferno na Terra. Foi o “MAL” absoluto e palpável.

O Holocausto foi o inferno…o inferno na Terra. Foi o “MAL” absoluto e palpável.

No 3º período letivo fui entrevistada a propósito do Museu/Memorial de Auschwitz- Birkenau e uma das questões colocada pelos alunos da turma do 9ºB prendeu-se com a pertinência de o visitar, no sentido de perceber o que aconteceu naquele espaço durante a 2ª Guerra Mundial. Respondi não ser necessário fazer esta visita para entender o Holocausto, mas ajuda muito a perceber, a sentir de forma arrepiante o quanto o Homem consegue ultrapassar fronteiras inimagináveis para praticar o MAL.

Infelizmente, o Homem tem “memória curta” e, mesmo pondo de lado os que negam as evidências, há pessoas que relativizam ou minimizam não só tal tragédia, como outras tragédias atuais, só porque se passam (pensam muitos), longe de nós.

Cada vez que acontece um atentado, seja em Inglaterra, na Síria ou no Afeganistão, cada vez que morre uma criança na guerra ou de fome no Médio Oriente ou em África, é um Holocausto que se reacende, é a Humanidade a mostrar o seu lado mais negro.

As disciplinas de Educação Visual e de História procuraram, de forma articulada, transmitir aos alunos que os factos históricos são de grande importância, quer para entender o presente, quer como fundamentos imprescindíveis à reflexão coletiva e pessoal. Pergunto-me se as ações e reações extremistas que atualmente se avolumam não seriam evitáveis se TODOS fizéssemos uma reflexão sobre o passado e aceitássemos um conjunto de valores e princípios comuns a toda a Humanidade.

O Homem encerra em si um mundo e é capaz de coisas maravilhosas.

                                                                                                                                                            Madalena Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.