Home » O “Andakatu” veio até nós!

O “Andakatu” veio até nós!

No passado dia 5 de novembro de 2013, o projeto “Andakatu” foi dinamizado na Biblioteca Escolar do Agrupamento Vertical de Gavião. Participaram, nesta atividade, os alunos do 5º e 7ºanos de escolaridade.

O arqueólogo do Museu de Arte Pré-histórica de Mação, Pedro Cura, incentivou os alunos a participar, de forma dinâmica e ativa, num ateliê de tecnologias e artes pré-históricas. A participação, nesta atividade, surgiu no âmbito da disciplina de História. Os alunos do 7º ano relembraram e aprofundaram os conhecimentos lecionados nas aulas e aos alunos do 5º ano foi-lhes apresentado algo completamente novo e invulgar. Os alunos acharam o ateliê muito interessante e divertido, pelo facto de poderem tocar e observar diretamente diversas réplicas, próximas da realidade, usadas pelos primeiros hominídeos no período do Paleolítico. Tiveram ainda oportunidade de manusear e ver objetos relativos ao período do Neolítico, aliás o arqueólogo demonstrou ao vivo a realização de uma atividade artesanal deste período (a cerâmica), ao reproduzir o processo de fabrico, usando argila verdadeira e explicando todo o processo de fabrico de um vaso. Foi muito motivador!

Uma proposta da turma A do 7º ano – Quando esta atividade voltar a acontecer, participem, queiram saber mais, ver como as coisas eram na realidade, conhecer a verdade!

Fizemos uma entrevista ao arqueólogo presente. Aqui colocamos as questões que considerámos pertinentes:

– Com que idade começou a interessar-se pela arqueologia?

– Comecei a interessar-me com 11 anos de idade devido a um Clube de Arqueologia da minha escola.

– Qual o hominídeo que mais o fascina?

– O homo erectus, por causa da descoberta do fogo.

– Já participou em alguma escavação arqueológica?

– Sim, participei numa Gruta em Espanha e outra em Vila Nova da Barquinha.

– Acha que o concelho do Gavião pode conter alguns vestígios pré-históricos?

– Sim, o concelho de Gavião ainda contém muitos vestígios pré-históricos, provavelmente submersos, junto das margens do Tejo.

 

Jornalistas 7ºA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.