Home » Halloween, Halloween…foi o dia de Halloween, com sapos, corujas e morcegos papões, tudo, em Vale e Gaviões!

Halloween, Halloween…foi o dia de Halloween, com sapos, corujas e morcegos papões, tudo, em Vale e Gaviões!

– Passado um ano a Bruxa Mimi voltou à nossa escola. Que saudades… e que “MEDO!!”

O ambiente estava do seu agrado, verdadeiramente Assustador, e é claro que não faltou o Rogério, o seu fiel gato preto, para animar a história. Mas desta vez a Mimi não veio sozinha, a sua prima afastada, mais propriamente, a Draculina, fez-nos uma simpática visita. A Mimi é que não gostou muito das suas exigências pois vinha cheia de fome e nem com um bolo de caneca ficou satisfeita. A Mimi não esteve com meias medidas e à boa maneira das bruxas logo fez um feitiço que a transformou num esqueleto. Isto foi apenas uma das aventuras deste dia Super divertido.

Treinadas, a dança das bruxas, as gargalhadas assustadoras e as temíveis palavras “Nós somos as Bruxas Feiticeiras, senão nos dão um doce, fazemos já asneiras.” fomos assustar toda a aldeia.

Foi uma manhã cheia de emoções…e acho que até conseguimos assustar o medo do MEDO!

 

Agora, mais a sério:

No complexo desafio que é crescer, a experiência do medo é um desses desafios que todas as crianças enfrentam. As experiências de medo, tendencialmente temporárias, ajudam as crianças a aprender a reconhecer situações de perigo e a aprender diferentes respostas para fazer face ao próprio medo, promovendo a sua autonomia e contribuindo para um autoconceito adequado. Por outro lado, viver o medo ajuda a que a criança aprenda a reconhecer em si as emoções adequadas para reagir a cada situação e enfrentar as suas próprias inseguranças.

Ed. Luz

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.